Bahia e Salvador ficam abaixo da meta de vacinação para pólio e sarampo

A Bahia e Salvador ficaram abaixo da meta na Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e o Sarampo. Na capital, apenas 66% do público-alvo foi vacinado, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde. No estado, dados preliminares do Ministério da Saúde indicam que o índice ficou pouco acima de 80%.

A meta estipulada pelo governo federal era vacinar pelo menos 95% do público-alvo durante a campanha nacional, que teve início no dia 6 de agosto e terminou oficialmente nesta sexta-feira (31). O Ministério da Saúde orientou aos estados que estimavam estar abaixo da meta de vacinação, a promover uma nova mobilização.

Em Salvador, foram vacinadas cerca de 89 mil crianças com idade entre um e cinco anos, de um total de 134 mil que compõem o público-alvo. “Empenhamos todos os esforços para garantir a proteção de nossas crianças. Estendemos até 20h o horário de funcionamento de algumas unidades de saúde, fomos até escolas e creches, promovemos dois dias D, como o que aconteceu neste sábado. Porém, também é muito importante que os pais ou responsáveis assumam suas responsabilidades”, comentou o o secretário municipal da saúde, Luiz Galvao. Segundo ele, o início da campanha foi prejudicado pela greve dos servidores.

Considerando toda a Bahia, o público-alvo da campanha era de 849.361 pessoas. No caso da poliomielite, 82,3% desse total foi vacinado. Já para o sarampo, o índice foi de 81,78%. Apenas seis estados atingiram a meta do Ministério da Saúde: Espírito Santo, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia, Amapá e Sergipe. *Bahia Notícias

Foto: Carlos Bassan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *