Bahia tem 26 mortes por H1N1, 199 casos foram registrados no estado




O número de mortes causadas pelo vírus H1N1 subiu para 26 na Bahia, de acordo com informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), divulgadas nesta quarta-feira (20). Os dados se referem até o dia 16 de junho. São 4 mortes a mais do que no último boletim, com dados referentes até o dia 9 de junho, que registrava 22 mortes (lembre aqui). Ainda de acordo com os dados apresentados pelo boletim, o número de casos confirmados de H1N1 no estado passou de 181 para 199. Até o dia 16 de junho, foram notificados 1.297 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 103 óbitos. Entre os casos, 261 foram confirmados pela influenza. No mesmo período no ano passado, foram registrados 353 casos e 33 óbitos de SRAG. De acordo com o G1, até 16 de junho, os casos confirmados de H1N1 ocorreram em 50 municípios, sendo que 14 deles registraram óbitos: Salvador (13); Apuarema (1); Camaçari (1); Feira de Santana (1); Irará (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (1); Monte Santo (1); Retirolândia (1); Saúde (1); Sapeaçu (1); Serrinha (1); Uruçuca (1) e Vitória da Conquista (1). Maiores de 60 anos e menores de cinco anos estão dentro da faixa etária de maior ocorrência, sendo que 61,53% dos óbitos ocorreram nesses grupos. A vacinação contra a gripe foi prorrogada, em todo o país, até a sexta-feira (22). Até esta terça-feira (19), apenas 72% do público-alvo foi vacinado. A meta do Ministério da Saúde é 90%. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *