Câncer deve matar 9,6 milhões de pessoas em 2018, indica relatório da OMS

Apenas em 2018, o câncer deve matar 9,6 milhões de pessoas, segundo levantamento Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (IARC), da Organização Mundial da Saúde (OMS). O número representa uma em cada oito mortes entre homens e uma em cada 11 mortes entre mulheres.

O relatório Globocan estima, segundo o G1, que 18,1 milhões de novos casos de câncer surgirão neste ano. Em 2012, quando a última pesquisa foi publicada, eram previstos 14,1 milhões de novos casos e 8,2 milhões de mortes.

“Estes novos números enfatizam que ainda há muito a ser feito para tratar o aumento alarmante do fardo do câncer globalmente e que a prevenção tem um papel central a desempenhar”, afirmou o diretor do IARC, Christopher Wild, em comunicado.

O relatório apontou ainda que o câncer de pulmão é o que mais mata em todo o mundo. Junto ao câncer de mama, o câncer de pulmão é o que registra maior número de novos casos. Apenas neste ano, devem ser diagnosticados 2,1 milhões de cada tipo. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *