Cigarro mata 3 milhões por doença cardiovascular a cada ano, diz OMS





O tabaco mata 3 milhões de pessoas todos os anos só por doenças cardiovasculares, segundo dados da Organização Mundial da Saúde divulgados na quarta-feira (30). As doenças cardiovasculares incluem uma série de condições associadas à circulação do sangue e não somente aquelas que afetam diretamente o coração, como por exemplo, o Acidente Vascular Cerebral (derrame). A OMS lembra que o uso do tabaco diminuiu em quantidade significativa desde os anos 2000, principalmente depois das leis do antifumo, aprovada no Brasil em 2011. Desde então, 27% da população mundial que fumava em 2000 parou, e o número caiu para 20% em 2016. Segundo a entidade, a queda deve ser analisada com cuidado, já que existem vários fatores a serem considerados no panorama global, como por exemplo, o número de fumantes em países de baixa renda.

Um dado que permanece igual, por exemplo, mesmo com as menores taxas de prevalência, é o número de tabagistas. Em 2000 tínhamos 1,1 bilhão de fumantes e a quantidade se mantém nos dias atuais. O número é explicado pela OMS com base aumento populacional. O relatório aponta também que o tabaco contribui para muitas mortes, causando 7 milhões de óbitos por ano por variadas causas. “A maioria das pessoas sabe que o uso do tabaco causa câncer e doenças pulmonares, mas muitos ainda não sabem que o tabaco também provoca doenças cardíacas e derrames – os principais assassinos do mundo”, comenta o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Bahia Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *