Enderson Moreira elogia time do Bahia e mostra otimismo para decisão em São Paulo

por Leandro Aragão

Enderson Moreira elogia time do Bahia e mostra otimismo para decisão em São Paulo

Foto: Ulisses Gama/ Bahia Notícias

A boa atuação do Bahia diante do poderoso Palmeiras, rendeu elogios do técnico Enderson Moreira ao time. O Tricolor ficou no empate de 0 a 0 contra o clube paulista nesta quinta-feira (2), na Arena Fonte Nova. Os donos casa foram superiores por boa parte do jogo válido pelo primeiro duelo das quartas de final da Copa do Brasil e isso deixou o treinador otimista para a decisão em São Paulo, marcada para o dia 16 de agosto.

 

“Os números servem de balizamento, mas a atuação da equipe foi consistente. Com exceção aos 10 primeiros minutos, que as vezes a gente está pecando um pouquinho. Mas temos que ressaltar muito a entrega desse grupo, a dedicação deles. O Palmeiras teve um dia e meio a mais para poder se preparar para esse confronto. Eles jogaram domingo pela manhã, nós jogamos segunda-feira aqui também, um jogo extremamente desgastante. Eu tenho que enaltecer muito o desempenho, a entrega, o nosso torcedor que compareceu em grande número, apoiou, incentivou e reconheceu a dedicação dos atletas. Lamentar porque cho que poderíamos merecer um resultado diferente. Mas foi um confronto que nos deixa com uma perspectiva boa para poder lá em São Paulo, conquistar, quem sabe, a nossa classificação, porque a equipe mostrou que tem capacidade para isso diante de uma ótima equipe”, afirmou durante a entrevista coletiva.

 

Apesar de ter tomado conta de grande parte do jogo, o ataque do Tricolor não conseguiu balançar as redes palmeirense. Enderson falou sobre essa falta de gol. “A gente tem conversado muito. Todo mundo luta pelo resultado. São confrontos extremamente equilibrados. A nossa equipe hoje, em grande parte do jogo foi melhor, mas as vezes a gente não consegue traduzir essa supremacia, superioridade em gols, porque o gol é um evento raro. Não é uma coisa tão fácil de se fazer. É sempre difícil. Mas a equipe tem demonstrado tranquilidade, qualidade. Acho que hoje uma ou outra situação nós fomos um pouquinho mais ansiosos do que normalmente, mas pela vontade de decidir, de conseguir acertar. Acho que é mais nesse sentido. As vezes naquele momento, nós temos um pouquinho mais de pressa para acertar e a gente acaba errando. Então, acho que faltou um pouco isso ou talvez a última bola. Poder finalizar com uma força maior. Mas a equipe mostrou muita qualidade no jogo e foi um confronto extremamente equilibrado e com superioridade nossa”, disse.

 

O comandante do Tricolor ainda comentou o uso do árbitro de vídeo em dois lances da partida. O primeiro foi a retirada do cartão vermelho do volante Gregore, após cometer pênalti no atacante Artur, do Palmeiras. O árbitro Anderson Daronco voltou atrás depois que reviu o lance na televisão e aplicou o amarelo no jogador tricolor. Depois, o juiz usou novamente a tecnologia para confirmar a expulsão do centroavante Deyverson, do time paulista, que acertou o cotovelo no rosto do lateral Mena.

 

“São lances difíceis. Acho que a questão do Gregore para mim, foi muito clara. O jogador dar uma travadinha e o peito do Gregore bate nele, mas sem nenhum tipo de intenção de fazer a falta. Acho que o árbitro de vídeo está aí para poder minimizar a questão do erro, poder ter mais tranquilidade, ter uma justiça maior dentro do futebol diante de lances tão importantes e decisivos. É claro que a gente lamenta muito que atletas profissionais possam usar o recurso do cotovelo. Eu não vi o lance ainda. É difícil poder falar, mas acho que todo mundo tem que ter muito cuidado nessa situação, porque num lance pode causar danos enormes para um companheiro”, comentou.

 

Bahia e Palmeiras voltam a se enfrentar pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no Allianz Parque, na capital paulista. O vencedor da partida avança de fase. Como o gol fora de casa não é mais critério de desempate, uma nova igualdade no placar leva a decisão para os pênaltis.

O Esquadrão de Aço volta ao gramado no domingo (5), às 19h, para encarar o Fluminense, no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time baiano ocupa a 15ª colocação com 17 pontos. “Bahia Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *