Julio Cesar segura lágrimas, mas cede ao ver Juan chorando em despedida

Julio Cesar se despediu do futebol neste sábado (21) na vitória por 2 a 0 do Flamengo contra o América-MG, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Após o fim do jogo, o goleiro reverenciou a torcida no Maracanã e conseguiu conter a emoção (confira o vídeo no fim do texto), mas cedeu ao ver o companheiro Juan às lágrimas. “Eu chorei bastante durante a semana com as homenagens, matérias, com a família, parentes, amigos, e realmente foi um turbilhão de emoções nessa semana. Já tinha me preparado bem para a despedida”, disse ao Premiere, antes de se emocionar com Juan. “Ele (Juan) é meu irmão. Poder acabar minha carreira onde iniciamos no futsal do Flamengo, poder encerrar ao lado dele tem um significado muito grande. O Juan é um cara muito introvertido, sorri pouco e é a primeira vez que vejo ele emocionado”, afirmou Julio. O zagueiro foi às lágrimas e falou sobre a parceria com o goleiro. “Ele merece tudo isso, uma pessoa sensacional, um goleiro fora de série. Eu estava de fora, infelizmente, queria estar dentro de campo, mas sei que temos toda a programação, campeonato pela frente, e estava torcendo para que desse tudo certo. Estou muito feliz por ele”, falou o defensor, que ficou no banco de reservas contra o América-MG.

Por fim, o goleiro pediu que os demais jogadores do Flamengo ajudem Juan a conquistar um título na temporada, já que o defensor também deve se aposentar dos gramados no fim do ano. “O Juan é um cara por quem eu torço muito, não só pela nossa amizade, irmandade, mas pelo profissional que ele é. Com todo respeito aos companheiros, ele merece um título de expressão aqui. Espero que ele conquiste com essa rapaziada que encontrei aqui. Deu para fechar com chave de ouro”, finalizou. Com informações da Folhapress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *