Júri popular absolve policial militar acusado de matar juiz após briga em Salvador

Um júri popular realizado nesta terça-feira absolveu o policial militar Daniel dos Santos Soares, acusado de matar o juiz Carlos Alessandro Pitágoras Ribeiro durante uma briga de trânsito, em 2010. A sessão no Fórum Ruy Barbosa foi conduzida pela juíza Andrea Teixeira Lima. Ela começou às 10h e foi encerrada às 17h. Um policial civil e uma pessoa que presenciou o fato foram ouvidas na condição de testemunhas de acusação. Em seguida, o acusado foi interrogado. A acusação pediu a condenação por homicídio simples e a defesa pediu o reconhecimento da legítima defesa. O Ministério Público tem até cinco dias para recorrer da decisão. Caso não se utilize desse recurso, o processo é arquivado e considerado transitado em julgado. A discussão de trânsito que resultou na morte do juiz aconteceu nas proximidades do Shopping da Bahia, em julho de 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *