Mumuzinho homenageia Dona Ivone Lara e vence ‘Show dos Famosos’





por Folhapress

O cantor Mumuzinho foi o vencedor da final do “Show dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”, que aconteceu neste domingo (8). Ele deu vida à Dona Ivone Lara em sua apresentação final e levou um carro como prêmio. O vencedor contou à reportagem quais foram os maiores desafios do programa para ele. “A maior dificuldade foi cantar em inglês e foi [me apresentar] hoje, com a dor muito forte que estou sentindo no joelho, mas eu me segurei para fazer bonito para ela, acho que Dona Ivone Lara lá no céu deve estar feliz”, disse o vencedor. Mumuzinho agradeceu ao apoio e ajuda do diretor da Globo, Ricardo Waddington que auxiliou o artista em suas apresentações. “Agradeço muito ao Ricardo Waddington, às vezes eu escolhia um personagem e ele dizia não, porque queria algo melhor para mim. Ele é um grande diretor e visionário. Tudo o que ele coloca a mão vira ouro, não vou dizer que eu sou ouro…”, disse Mumuzinho rindo.

A mulher de Mumuzinho, Tainá, acompanhou de perto a preparação do marido. “Foi bem difícil, desde o início. Mas eu sabia da capacidade dele. Eu estudei com ele, passava a letra das músicas e o inglês, e chegar hoje aqui com a vitória é emocionante demais. Ele perguntava o que eu achava dos artistas escolhidos. Eu sabia que, independente da escolha que ele fizesse, ele ia fazer bem feito”, disse Tainá de Almeida Fernandes, 26 anos. Foram cinco finalistas: Thiago Abravanel, Mumuzinho, Naiara Azevedo, Silvero Pereira e Helga Nemeczyk. Sobre a presença de cinco participantes na final do quadro deste ano, Faustão explicou que a inclusão de Naiara Azevedo se deve ao fato de que a cantora, do Grupo 1, teve pontuação maior que a dos dois participantes do Grupo 2. Já está confirmada a terceira temporada do quadro.

Homenageadas

A primeira apresentação da final foi da cantora sertaneja Naiara Azevedo, que mostrou todo seu rebolado ao homenagear a funkeira Anitta. Ela começou com trecho da música Movimento da Safadinha, e depois emendou em Show das Poderosas. A cantora disse ainda que Anitta é uma grande inspiração. A segunda apresentação foi de Tiago Abravanel que surgiu todo de branco para homenagear Milton Nascimento com um pout pourri de “Canção para América” e “Maria, Maria”. “Para fazer o que ele faz, dizer o que ele diz, precisa ter o coração dele”, Abravanel afirmou que foi um presente (é uma loucura) fazer parte do quadro.

A sambista Dona Ivone Lara, que morreu aos 97 anos em abril passado no Rio, foi homenageada pelo ator e cantor Mumuzinho, na terceira apresentação da noite. Ele fez um pout pourri de “Alguém me Avisou” e “Sonho Meu”. “Meu sonho era do vir ao seu programa e cantar a sua música. Só Deus sabe como foi difícil chegar até aqui. Dona Ivone Lara deixou um legado muito bonito e queria homenagear essa grande mulher”. Silvero Pereira encarnou a cantora francesa Edith Piaf literalmente durante a quarta apresentação dentro do quadro Show dos Famosos. Todo de preto e encurvado, Pereira mostrou todo o seu talento ao cantar e interpretar cada palavra da canção ” Non Je Ne Regrette Rien”. “É uma música que fala não, não me arrependo de nada. Quando tiverem um tempo leiam a tradução dessa musica. E, de forma alguma, eu não me arrependo de nada.”

A última a se apresentar foi Helga Nemeczyk, que interpretou Lisa Minelli e cantou “New York, New York”. A atriz disse que Lisa é uma grande inspiração e referência para quem gosta de musicais. Os outros participantes que não estavam na final Paulo Ricardo, Sandra de Sá e Alessandra Maestrini se apresentaram antes dos cinco finalistas. Fã declarado de Elvis Presley, Paulo Ricardo afirmou que o cantor era um fenômeno. “Em toda a biografia dele, em uma pequena filmagem de making of, ele canta afinado.” Sobre sua participação no quadro, o cantor afirmou que foi oportunidade ter “três meses para me dedicar a uma série de transformações cinematográficas”.

Sandra de Sá afirmou que participar do quadro foi um grande crescimento. “Sou uma pessoa que tenho uma personalidade muito forte, às vezes sou até rebelde. Dar vozes a outros artistas é muito difícil. A gente tinha que se despir, às vezes Sandra vinha nos ensaios”. Com formação em música clássica, a atriz e cantora de musicais, Alessandra Maestrini afirmou que as apresentações que a teriam de sua zona de conforto foram a dos roqueiros Axel Rose, e a deste domingo, de Pink. Maestrini durante toda a sua participação no quadro apostou em homenagens a cantores do cenário pop, mostrando seu lado mais performático.

Confira a pontuação dos finalistas:

5º lugar – Helga – 49,1 pontos

4º lugar Tiago –  49,2 pontos

3º lugar Naiara –  49,2 pontos

2º lugar Silvero – 49, 6 pontos

1º lugar Mumuzinho – 49,8 pontos

Foto: Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *