Neymar chega de cadeira de rodas; prazo para volta pode ser maior

O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, comentou o estado de Neymar logo após a chegada do craque ao Rio. Ainda no aeroporto, Lasmar falou ao Extra: “Neymar está triste e chateado. Ele entende que não há outra alternativa e que vai ter que se dedicar a recuperação para ficar bem o quanto antes”, disse o médico. “Ele foi para sua casa, para se recuperar de uma viagem longa. Provavelmente le vai chegar na véspera da cirurgia.” O procedimento será realizado no Hospital Mater Dei. Ele confirmou que o tempo de recuperação será de pelo menos dois meses: “O Neymar vai ser operado no sábado, pela manhã. Inicialmente para esse tipo de fratura, de um osso do pés. O tempo de recuperação é de dois meses e meio a três meses, mas isso depende da individualidade de cada jogador. O que nos preocupa é recuperar a saúde do jogador, que ele esteja bem. Assim, ele ficar disponível para o seu clube e a seleção”, completou Lasmar. Caso o jogador fique fora até o prazo máximo dado pelo médico da CBF, sua recuperação comprometeria a estreia do jogador na Copa da Rússia, já que sua volta se daria às vésperas do Mundial. CADEIRA DE RODAS: Com o pé imobilizado, o craque brasileiro deixou o aeroporto de cadeira de rodas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *