Novo Volkswagen Jetta estreia na mesma plataforma do Golf




A Volkswagen mostrou na noite do domingo (14) nos Estados Unidos a sétima geração do Jetta, que será feito pela primeira vez sobre a plataforma MQB, a mesma de Golf e Tiguan.

De acordo com a fabricante, a mudança na estrutura do sedã trará ganhos como melhoria na dinâmica e no espaço interno, assim como uma modernização para o mundo digital.

A novidade apareceu em uma prévia do Salão de Detroit e começará a ser vendida nos EUA ainda neste ano. A expectativa é que chegue ao Brasil no final de 2018 ou só no próximo ano.

Nesta segunda (15), durante a coletiva de imprensa no salão, a marca divulgou que o sedã custará US$ 18.545, menos que o atual, de acordo com a montadora.

Sedã maior

Com a chegada do sedã Virtus, que estreia no Brasil em breve, o Jetta cresceu de tamanho na nova geração, com um ganho de 4,3 cm no comprimento (para 4,70 metros) e 3,5 cm na distância entre-eixos (para 2,68 m), aproximando-se mais do Passat.

A frente encurtou e a traseira aumentou, o que deixou o modelo com um visual mais esportivo. Na largura, ele ficou 2,1 cm maior (1,79 m).

No entanto, o porta-malas foi mantido em 510 litros – menor que o Virtus, com 521 litros. *G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *