Peruas, minivans e sedãs médios manuais devem ser extintos

Por 4 Rodas

Fiat palio weekend

Fiat Weekend: após 20 anos de mercado deixará de ser produzida (Divulgação/Fiat)

Arara-azul, onça-pintada e mico-leão-dourado são exemplos de animais em extinção no Brasil. Já na fauna automotiva, algumas espécies também correm o risco de sumir (ou até já sumiram) do mapa. E não estamos falando apenas de números de vendas, mas de modelos à disposição do consumidor.

Dizimadas pelos SUVs, é cada vez mais raro avistar peruas nas lojas. Com a provável despedida da SpaceFox (agora vendida em uma versão) para breve e o fim da fabricação da Fiat Weekend. O segmento de peruas de entrada não deve ter nenhum representante.

Linha 2017 da SpaceFox contará apenas com uma versão (Divulgação/Volkswagen)

Ao todo, foram 1.578 SpaceFox de janeiro a novembro, e 3.286 da Weekend, segundo a Fenabrave. A Fiat vendeu, em praticamente o ano todo, o que o Renegade fez só em novembro (3.423 unidades).

Golf Variant, A4 Avant, Classe C Estate e V60 fazem parte de um nicho premium. As minivans vão pelo mesmo caminho e permanecem apenas Chevrolet Spin, JAC J6 (perto de ser descontinuada) e Citroën C4 Picasso.

JAC J6 Diamond

Minivan da JAC deve ser descontinuada após a marca anunciar que focará no segmento de SUVs (Marco de Bari e Diego Cardoso)

Quem também vem sumindo são os sedãs médios com câmbio manual –afinal, esse público prefere o conforto do câmbio automático. Segundo um estudo encomendado por QUATRO RODAS 97% dos sedãs médios vendidos são automáticos.

Agora, há apenas o Honda Civic Sport, de R$ 87.900, que emplacou 682 unidades das 22.985 da linha Civic, segundo a consultoria Jato. Ou seja, 3% do mix. Por isso, as versões mecânicas de C4 Lounge e Jetta deixaram de ser oferecidas recentemente.

Painel de instrumentos é completo e moderno. A iluminação é agradável aos olhos

Civic Sport emplacou apenas 682 unidades no acumulado de 2017 até novembro (Leo Sposito)

Já os compactos de entrada extinguiram de vez suas configurações de duas portas em prol da praticidade das quatro portas. O VW Up!, por exemplo, sai da fábrica de Taubaté (SP) com duas portas apenas para a exportação – entre outros países, ele é vendido na Argentina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *