Professores da Uneb paralisam atividades por uma semana

(Foto: Divulgação)

Professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) inciaram nesta segunda-feira (6) uma paralisação que está programada para durar até sábado (11) na  maioria das 24 unidades do estado. Docentes protestam contra falta de infraestrutura, por passagem docente e maior orçamento.

Segundo a coordenação da Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), durante a paralisação vários problemas serão denunciados à sociedade. No primeiro dia do protesto, segunda-feira, às 8h, professores fazem panfletagem e ato público em frente à Uneb de Salvador, localizada no bairro do Cabula.

Uma das reivindicações da categoria é a alteração do Decreto de Lei 6.192/97, que limita a compra de passagens, por parte da reitoria da universidade, a apenas 72 km do local de moradia do professor. Por meio de uma orientação do Tribunal de Contas do Estado, o corte das passagens na Uneb deverá ocorrer em outubro deste ano. Desde 2015, os professores pressionam a reitoria para uma solução definitiva à questão. Estudos efetuados pelo Movimento Docente (MD) apontam que o investimento da Uneb na compra de passagens representa, aproximadamente, apenas 2% do orçamento da universidade.

A Secretaria da Educação da Bahia foi procurada para comentar a manifestação, mas não se pronunciou até o momento da publicação dessa reportagem. *Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *