Região: Operação conjunta da polícia desarticula quadrilha e integrantes morrem em confronto

Operação ‘Rodotec’, deflagrada nesta quarta-feira (21) pela Polícia Federal, Cipe Cacaueira, Cipe Litoral Norte, 61ª CIPM/Ubaitaba, 22ª CIPM/Simões Filho, 91ª CIPM/Capim Grosso e 7ª Coorpin da Polícia Civil desarticulou uma quadrilha especializada em extorsão, assalto a agências bancárias e veículos nos municípios de Ibirapitanga, Igrapiúna e Camamu. A quadrilha, de acordo com informações da Polícia, era chefiada por um bandido conhecido como ‘Bruno Igrapiúna. O bandido é acusado de liderar o bando e praticar ataques a comerciantes ao passo que exigia vultuosas quantias e bens sob ameaça de morte aos que se recusassem a atender às exigências. O bandido ainda era acusado de liderar uma facção que atuava no tráfico de drogas e roubo de cargas.

Em Itamarati, distrito de Ibirapitanga, um indivíduo identificado como ‘Júnior Pedreiro’, integrante da quadrilha, foi morto em troca de tiros após reagir a abordagem da Polícia. Em ação continua, um outro integrante do bando, identificado como Davidson Santana, vulgo ‘Dedê’, foi morto no Bairro Malvinas também após reagir a abordagem policial. Com os bandidos foram encontrados revólveres. A dupla chegou a ser socorrida ao Hospital Municipal de Ibirapitanga, mas não resistiu aos ferimentos e acabou indo a óbito. Somente em Itamarati, a estimativa é que a quadrilha tenha praticado extorsões que superam a cifra de R$ 200 mil reais. Há relatos de comerciantes que fugiram do distrito por medo das ameaças da quadrilha, que atuava de maneira organizada e com diversos membros.

Em Simões Filho, também nesta quarta-feira (21), após informações colhidas, a Polícia descobriu que Bruno, líder da quadrilha, estava no município onde planejava um assalto a uma instituição financeira e que estaria planejando se reunir com membros da quadrilha às 19h.  A Polícia foi até o local indicado e ao perceber a presença das guarnições, os bandidos tentaram empreender fuga num veículo e atiraram contra a Polícia, que revidou. Bruno e seus comparsas colidiram o veículo e tentaram fugir. A polícia continuou a perseguição e encontrou Bruno baleado ao lado de uma pistola 983, com numeração suprimida. O bandido, que já cumpriu pena, tinha mandado de prisão em aberto por homicídio. Em ato contínuo, um dos bandidos, identificado como Atanael Nascimento, teria corrido a sua residência. A Polícia deslocou até o local e prendeu o bandido com 1 tablete e meio de maconha, 2 pedras grandes de rack, 04 pedras médias de crack, 07 porções de maconha e uma balança de precisão.

A Operação ‘Rodotec’ teve sequência no município de Campim Grosso, onde foi morto em confronto a tiros com a Polícia um bandido identificado como ‘Del de Igrapiúna’, número 2 da organização criminosa liderada por Bruno. De acordo com informações da Polícia, o bandido foi morto após furar um bloqueio policial e atirar contra as guarnições. Após colidir o veículo que dirigia num muro e deflagrar novamente contra a Polícia, o bandido foi encontrado alvejado ao lado de um revólver calibre 38, com numeração raspada, com 04 munições deflagradas e duas intactas e em posse de R$ 422,00. Del havia sido preso em 2017 por assaltar um banco em Igrapiúna e em Itamarati vinha chefiando o bando, e havia efetuado roubo de malote no Posto Tenente, às margens da BR-101.

(Ubatã Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *