Santa Casa reduz plantonistas no Pronto Socorro devido à crise, cita nota

Uma nota divulgada na sexta-feira (20) pela Santa Casa de Valença informa que uma redução será feita no quadro de plantonistas do Pronto Socorro de Valença. O corte pela metade levará a ter um médico a cada 24 horas na instituição. O comunicado ainda cita que a medida ocorre devido a uma crise que a unidade passa. Leia a nota na íntegra:

A Santa Casa de Valença informa a redução da quantidade de plantonistas no Pronto-Socorro da unidade, a partir do mês de agosto, devido à falta de condições financeiras para proceder o pagamento dos profissionais. A cada 24 horas, um médico, ao invés de dois, ficará à frente do plantão, o que obrigará a Santa Casa a atender apenas aos pacientes em situação de urgência e emergência, finalidade primeira de um Pronto-Atendimento. Os demais pacientes serão encaminhados para consulta nos postos de saúde do município.

A crise financeira da Santa Casa de Valença perpassa diversas gestões da instituição filantrópica, que há 157 anos atende a toda a região do Baixo Sul da Bahia. Subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS), práticas históricas, falta de repasse de municípios e uma redução contratual de R$ 4 milhões/ano, cerca de R$ 333 mil/mês, desde o mês de fevereiro têm agravado a situação.

Possíveis medidas de sobrevivência que aguardam condição de execução têm sido estudadas e propostas. Em 2017, os gestores da Santa Casa reduziram os custos em, aproximadamente, R$ 1,5 milhão, mesmo assim, não foi suficiente para cobrir o passivo financeiro adquirido ao longo dos últimos anos (cerca de R$ 2 milhões). Nos próximos dias, será lançada uma campanha de apoio à unidade hospitalar, inspirada no interesse coletivo de contribuir para a resolução do problema.

A crise instalada ameaça de forma definitiva a manutenção dos serviços prestados à população. Reiteramos o nosso compromisso com a população de Valença e de toda a região, reafirmando também que continuaremos empregando esforços para superar a crise financeira que assola esta unidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *