Sesab confirma segunda morte por malária na Bahia; homem era morador de Wenceslau Guimarães

Um homem de 33 anos morreu por conta da malária. Ele era morador de Wenceslau Guimarães. É a segunda morte pela doença esse ano confirmada pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). A informação foi divulgada na quarta-feira (24).

Conforme a Sesab, a morte do homem já estava sob investigação. Anteriormente, o órgão havia informado  que a vítima tinha morrido em decorrência de malária, mas depois voltou atrás e disse que o caso ainda estava “sob investigação”, já que o corpo do paciente não passou por análise laboratorial.

O órgão confirma 22 casos de malária no município localizado no baixo sul da Bahia. O primeiro caso de morte confirmado pela doença foi de Luciene Souza dos Santos, de 31 anos,  que também era moradora do município. A vítima passou pelo hospital de Valença e devido a gravidade tinha sido transferida para a cidade Ilhéus, onde estava internada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *