Simaria, da dupla com Simone, é diagnosticada com tuberculose ganglionar

Simaria, cantora da dupla sertaneja com Simone, foi diagnosticada com tuberculose ganglionar, disse sua assessoria nesta terça-feira (17). Ela estava internada desde o dia 12 de abril no Hospital Sírio-Libanês, em SP. Ela teve alta nesta quarta, mas vai continuar o tratamento em casa, sob observação médica.
Leia o comunicado oficial abaixo:

“A paciente Simaria Mendes Rocha deu entrada no Hospital Sírio-Libanês no dia 12/04 com queixa clínica de emagrecimento, alterações gastrointestinais e estafa devido a agenda intensa de compromisso. Realizados exames laboratoriais que mostraram anemia e durante investigação específica ficou evidenciado aumento do gânglio supraclavicular à direita. Feita avaliação histopatológica que diagnosticou reativação de tuberculose ganglionar. A paciente recebeu alta hospitalar hoje, dia 17/04, e continuará tratamento em sua residência, sendo acompanhada pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho e pelo Prof. Dr. David Uip e deverá permanecer afastada do trabalho pelo período de 30 dias. Simone segue cumprindo a agenda de shows normalmente e, em maio, as cantoras mantém as férias já programadas. Simaria agradece o carinho e compreensão de todos os fãs e, neste momento, irá dedicar os seus dias para cuidar da saúde.”

O que é tuberculose ganglionar?

Essa forma doença não é contagiosa, segundo infectologistas, e tem baixa chance de morte. De acordo com o infectologista Eduardo Martins, do Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose, essa versão ganglionar é apenas uma apresentação mais rara da infecção: “É o mesmo bacilo da tuberculose pulmonar. A pulmonar é apenas o tipo mais frequente de apresentação da tuberculose, com 85% dos casos. De uma forma geral, é uma bactéria que dá em todos os órgãos: pulmão, coração, pleura e também nos gânglios”, diz Eduardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *