Temer se reúne com banqueiros para discutir a reconstrução do Museu Nacional

O presidente Michel Temer realizou uma reunião nesta quarta-feira (5), no Palácio do Planalto, com presidentes de bancos públicos e privados e representantes de entidades para tentar obter apoio financeiro das instituições para ajudar na reconstrução do Museu Nacional do Rio de Janeiro.

De acordo com informações do site G1, Temer informou no inicio da reunião que o governo está trabalhando com a hipótese de criar fundos privados, cujos recursos iriam ser destinados à recuperação do Museu Nacional e também a investimentos em outros museus do país. Cerca de 90% do acervo do museu, com 20 milhões de peças, foi consumido pelo fogo. O incêndio destruiu a parte interior do palácio.

“Decidimos a hipótese da constituição de um fundo voltado inicialmente para a recuperação da obra física do Museu Nacional, mas de igual maneira à recuperação do acervo do Museu Nacional”, relatou Temer aos banqueiros.

Durante a reunião desta quarta, Temer disse aos banqueiros que o incêndio do Museu Nacional foi uma “tragédia” para a história do Brasil e “para a museologia em geral”. Além disso, o presidente destacou que o acontecimento teve “repercussão internacional” e que alguns países se colocaram à disposição para ajudar a recompor o acervo do Museu Nacional.

“Devo registrar que este lamentável evento teve repercussão internacional. E não foram poucos os países e autoridades que se comunicaram com nosso governo dispostos a colaborar até com a remessa de peças do próprio acervo, para substituir o acervo que foi destruído”, declarou.

Na reunião Temer chegou a convidar as empresas e entidades a ingressarem no comitê criado pelo governo para acompanhar a recuperação do Museu. *BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *