TSE recusa pedido de Lula para gravar áudios e vídeos para propaganda eleitoral de Haddad

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou o pedido do ex-presidente Luíz Inácio Lula da Silva para gravar áudios e vídeos para propaganda eleitoral. O ministro Sérgio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu o parecer neste sábado (15).

O ministro Sérgio Banhos determinou que a decisão não cabe à Justiça Eleitoral, e sim pelo juíz responsável pela execução da pena do ex-presidente. “Desse modo, o que pretendem os requerentes escapa à competência da Justiça Eleitoral, que estaria se imiscuindo em assunto de competência do Juízo da Execução, responsável pela administração de todas as questões pertinentes ao cumprimento pena”, decidiu Sérgio Banhos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *