Virtual Educa reúne projetos de iniciação científica na área educacional




Professores e estudantes do interior da Bahia participam e expõem produtos das suas cidades

Foto: Gabriel Carvalho

Por Joberth Melo

O Virtual Educa está no seu penúltimo dia nesta quinta-feira (7) e reúne estudantes, professores e inovadores digitais em um dos maiores eventos sobre tecnologia e inovação na área educacional.

O encontro conta com cursos, palestras e startups que envolvem desde produtos sustentáveis até tecnológicos. A presença de jogos em sala de aula, a utilização de ferramentas como Google for Education são alguns dos disponíveis.

A diretora, Alexandra Lopes, da Escola Estadual Professor Isaias Aleixo, em Arajuba, cita a importância do encontro para o processo educacional. “O conhecimento amplia. Muito do que vimos são técnicas que já tínhamos em nossa formação, só que como há evolução é necessário acompanharmos. Agora é adequar a nossa realidade para uma melhoria da qualidade do processo educacional da nossa escola”, afirma em entrevista a Joberth Melo.

Um dos estandes expostos no evento é o de Izabela Batista. Ela é estudante da Escola Estadual Luís Cabral, em Canudos. A instituição trouxe cinco projetos para amostra no encontro. A da jovem mostra os benefícios da casca da banana.

O encontro possibilita ainda uma troca de experiências. Segundo Izabela, apesar de está apresentando é possível ter acesso a temáticas e produtos que não conhecia.

Além de palestras e cursos no intuito de melhorar o processo educacional, o encontro também mostra ações para a carreira profissional dos estudantes. Um dos estandes é o da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. O local traz um guia de serviços das startups do Parque Tecnológico.

“Há muito jovem querendo criar algo e não sabe como fazer. Então temos um Parque Tecnológico que abriga essas pequenas empresas e iniciações científicas desses estudantes”, afirma Cristina Brito.

O encontro está em sua 19ª edição e vai até esta sexta-feira (8) no Instituto Central de Educação Isaías Alves Geral (Iceia), no Barbalho, em Salvador.

Nas Malhas da Lei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *